A chave para o sucesso: Clássicos?


Quem tá assistindo a série 'Be Cool SD' levanta a mão aí! Ok, já entendi. Mas qual seria a chave do sucesso para esta série? Sei lá, eles precisam ter algo, não é mesmo? Para uma série que sucederia a badalada 'Scooby-Doo! Mystery Incorporated', Be Cool teria que ter muito jogo de cintura para lidar com os fãs. "Ah mas faltou isto", "Não gostei daqueles traços dos personagens", "A temática é repetitiva" ou "Mil vezes Scooby Mistério S/A".

Fala sério! A pressão sobre esta nova série era enorme. Mas ela começou no contrapé, surpreendendo até os mais otimistas em relação à ela. Quem imaginaria que seria algo bom? Tipo, as história são legais, embora o gráfico ainda seja um pouco estranho. Mas quem liga? Depois eles investiram no bom e CLÁSSICO jeitinho de conquistar os fãs. Sabe qual? Apelando para os mais variados aspectos que as séries antigas do Scooby tinham. Além do fato dos episódios serem soltos (sem co-ligação ou sequência de trama entre eles), os diretores vem se desenrolando para deixar o ambiente de 'Be Cool' mais familiar possível, com mais personagens antigos e conhecidos, como vilões do tipo 'Elias Kingston' e o 'Phantom', ambos velhos conhecidos dos fãs.

Seria uma forma de conquistar o público? Parece que sim. Segundo alguns portais americanos de audiência, os episódios com maiores audiências da série foram exatamente os dois com os vilões citados acima. Coincidência? Talvez. Mas e você, gosta dessa interação moderno-antigo nas séries do Scooby? Opine! 

Compartilhar no Google Plus
    Blogger Comment

1 comentários:

  1. A primeira temporada de "Be Cool, Scooby-Doo", vai ter quantos episódios?

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial